19 março 2015

[Resenha] Insurgente- Veronica Roth

Título: Insurgente
Autor: Veronica Roth
Editora: Rocco
Ano de Publicação: 2013
Número de Páginas: 512
Skoob: Adicione

Na Chicago futurista criada por Veronica Roth em Divergente, as facções estão desmoronando. E Beatrice Prior tem que arcar com as consequências de suas escolhas. Em Insurgente, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama - e a própria vida – enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor.


Oi gente! tudo bem com vocês? bom, hoje com a estreia nacional de Insurgente, eu resolvi contar para vocês o que eu achei do livro.
Para quem não sabe, Insurgente é a continuação de Divergente, série distópica da autora Veronica Roth.

PODE CONTER SPOILERS!

Neste volume o romance de Tris e Quatro não é o centro das atenções, como eu imaginava que seria. Tris encontra-se em estado de choque e não consegue sequer pegar em uma arma, por conta da perda de seus pais, pelos acontecimentos na Audácia e por ter matado seu amigo Will.  Isso acaba influenciando diretamente na relação deles, que agora, segue abalada por falta de confiança.

Quatro e Tris seguem hospedados em outras facções, sempre fugindo, mas em busca de informações sobre a verdade sobre o mundo onde vivem, sobre as facções e sobre o objetivo de Jeanine. Alianças inimagináveis são feitas, há morte de personagens importantes e traição.
As surpresas dessa história são realmente incríveis! Deixa qualquer um de boca aberta e com muita raiva também.


Por ser um "livro ponte" eu gostei muito, apesar de que em determinados momentos, achei que a leitura ficou massante. É como se acontecessem milhares de coisas mas ao mesmo tempo não acontecesse nada. O bacana é que mais detalhes sobre as outras facções são revelados, incluindo também os sem facções, que aparecem muito mais agora.

Eu devo confessar que quando li Divergente, eu gostei muito da Tris, e olha que é muito raro eu gostar de um personagem principal, principalmente sendo mulher. Mas agora, nesse volume a Tris me deu MUITA RAIVA. Chamei ela de burra várias vezes hahahaha mas ok, espero que em Convergente ela não seja tão impulsiva.
"Ele cheira a suor, ar puro e menta. O cheiro de menta é da pomada que usa as vezes para relaxar músculos doloridos. Ele também cheira a segurança, como uma caminhada por um pomar ensolarado ou um café da manhã silencioso no refeitório. Nos momentos antes de cair no sono, quase me esqueço da nossa cidade devastada pela guerra e do conflito que nos encontrará em breve, se nós não o encontrarmos primeiro."
Cap. 5, pág 58

Apesar disso, eu recomendo a leitura de Insurgente e estou ansiosa por Convergente. Para quem já leu, me conte suas impressões.

um beijo e até o próximo post.

13 comentários:

  1. Sou simplesmente louca para ler esse livro! Li só divergente e agora preciso ser este para poder assistir o filme! hahhaa
    Beijos
    Jardim de primavera

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu achei bacana! assisti o filme e olha...é um ótimo filme, porém péssima adaptação :/ bjo

      Excluir
  2. Ainda não li esta série, mas estou MUITOOO curiosa para começar, quero ler antes de ver o filme...
    Parabéns pela sua resenha e pelo seu blog!
    http://www.detudopouco.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. leia sim! é bem bacana ;) obrigada <3

      Excluir
  3. Olá!!
    Cara, Divergente é uma das minhas séries prediletas ^^. Eu adorei esse livro, também fiquei com muita raiva da Tris em diversos momentos hahah
    Abraços!!
    Enjoy The Little Things

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha a Tris olha, me deu mta raiva.

      Excluir
  4. Oi Carol, tudo bem? :)

    Quando li Divergente me apaixonei pelo mundo de Veronica Roth, seus personagens, toda a estrutura da distopia e tudo mais... mas, também confesso que passei raiva com Insurgente! kkk'

    Também notei essa pegada de "transição" nesse livro, da aparente "paz" estabelecida no livro Divergente até a mudança representada em Convergente... que aidna não li, simplesmente porque sou covarde demais pra aceitar o mega spoiler que peguei dele! kkk'

    Enfim, gostei muito da sua resenha! Disse tudo o que pensei ao ler ;)

    Beijos! ;*
    ||Letras Eternas||

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dayane eu tbm peguei um mega spoiler :/ mas vou ler msm assim hahaha bjo

      Excluir
  5. Eu assisti ao filme Divergente e fiquei com vontade de conferir a história mas confesso que acho que não vou me arriscar a ler. Quero muito conferir o filme Insurgente apesar de ter lido muitos comentários negativos a respeito de todas as modificações que fizeram com relação ao livro, mesmo assim por enquanto ficarei apenas nos filmes mesmo.
    Beijos.
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol!
    Como vc sabe, não li os livros, e não sei se pretendo fazê-lo um dia, mas gostei do primeiro filme - apesar de achar q ele é uma mistura de outras distopias anteriores. Parece q o filme vai ser bom novamente, veremos.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  7. Oláaa, tudo bem Carol??
    Eu amo Divergente com todos o meu coração. Em minha opinião, Convergente é o mais massante, e Insurgente é o mais legal. Acho que são pelas inúmeras coisas que acontecem e que são reveladas. Gosto muito da Tris e de sua personalidade. Também sou dessas que não curtem muito a personagem principal, mas ainda bem que com ela foi diferente. Poréem, teve coisas que ela fez que me irritaram. Ela estava completamente impulsiva, mas eu a entendo. Imagina perder a sua família inteira? E quando mais gente se aproximava, mais pessoas morriam? Bem, não sei! Mas tenho a certeza que, em Convergente, o Quatro está um chato!!!
    Beijos,

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Estou simplesmente louca para ler esse livro, já li o divergente. Mas por enrolação acabo não lendo esse. hahaha' Quero muito poder lê-lo em breve.
    Beijão
    Jardim de primavera

    ResponderExcluir
  9. Tenho que dizer apenas uma coisa que você não leu Convergente: Boa sorte. A Tris faz muitas burradas, mas coitada! Imagino o que ela está passando, não é mesmo?
    Amo muito Divergente com todo o coração. É a minha série preferida, e eu tive raiva da Tris em alguns momentos. Ela tinha que usar a cabeça, e não correr tantos riscos. Ainda bem que o Tobias <4 estava lá para socorre-la hahahaha
    Beijos,

    Our Constellations

    ResponderExcluir

Be Kind! ♥ Não aceitarei comentários com xingamentos.
Aceitarei e responderei cada comentário apenas depois de lê-los ♥